quarta-feira, 7 de novembro de 2007

ê privilégio...

Muitos reclamam de suas profissões, cada um querendo sofrer mais que o outro.
É incrível essa competição que as pessoas bem frequentemente fazem umas com as outras, onde o prêmio nada mais é que o título reconhecido por seu adversário derrotado: "é.. tu tá pior que eu mesmo.."
Não vou me aprofundar muito nessa discussão, vou, contrariando a regra geral de tentar sofrer o máximo possível (mesmo sabendo que é tudo dramatização exacerbada), gabar-me de minha profissão.

Poucos profissionais têm o privilégio de marcar uma reunião de negócios numa mesa bar. Pronto. Começa daí.

-Garçom, uma geladíssima, e dois copos. E então bixo, como é essa casinha aí que tu quer fazer?
-Pois é.. nada demais, quero algo bem simples, até porque tou sem muita grana, sabe?
-Ah cara, pode relaxar! Vamo fazer um projetinho bem simples, baratinho mas eficaz, tranquilo. Opa, obrigado chefe, traz o cardápio, por gentileza?
*tin-tin*
-Aaahh.. essa tá boa viu.. igual tua futura casinha: simples, barata e bem gostosa!

Depois de algumas outras geladas, trocando idéias entre algum filé, camarão ou fritas, sobre espaços, divisões e rotinas do cotidiano..

- Isso, bixo! assim mesmo, vê só, vou fazer um rabisco aqui, pra tu entender melhor
*caneta nanquin descartável e o bom e velho, sempre presente, guardanapo*

risco pra cá, risco pra lá...
-Taí! O que tu acha?
-Porra bixo! É isso mesmo! posso levar pra mostrar à Cláudia? Ela vai adorar...
-Não po, calma.. Isso é só um rascunho, tu não vai querer mostrar tua casa num guardanapo po! Deixa comigo.. eu levo pra casa e faço direitinho, bonitinho.. Te entrego amanhã mesmo, aí depois a gente acerta o restante.. me dá teu telefone!
-Beleza cara, tudo certo então. Garçom! mais uma que eu vou comemorar minha casa nova!

E no fim ele ainda me paga a conta, feliz da vida!



6 comentários:

  1. ei, né bem assim não...pois quando tá no barzinho, o cliente quer um projetozinho, bem simplesinho, mas quer pagar bem baratinho... e o arquiteto é que fica bem f...dinho

    ResponderExcluir
  2. Vinicius - Paidastro15 de novembro de 2007 11:27

    Andrea, tem razão, todos querem uma pequena informaçãozinha(que tenha tudo), mais para pagar é menor ainda. Um velho amigo médico resolveu este problema de consulta assim:Quando está em local fora do consultorio e alguém quer uma consulta, ele manda tirar a roupa, a pessoa diz não e ele diz só posso consultar examinando, vá no meu consultorio.

    ResponderExcluir
  3. Vinicius - Paidrastro15 de novembro de 2007 11:29

    Sobre o texto - valeu fiquei orgulhoso do que li.

    ResponderExcluir
  4. vinicius meu velho,
    gostei muito do texto.
    concordo com todos os comentários anteriores mas já que recebemos pouco mesmo, tem esse lado bom de transformarmos em lazer o trabalho.
    essa semana fui a gravatá, comi comidas regionais, bebi cervejas, não paguei nada. em compensação: receberei nada mais.
    abração e tamos na luta.

    ResponderExcluir
  5. Essa de "competir desgraça" tua esposa é campeã. pergunte a ela.
    Ficava com Aninha, horas e horas...
    Chega deu saudade daqueles tempos...
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. A postagem é antiga e eu já tinha lido, mas passei aqui hoje e resolvi dizer que me identifico com ela até hoje! Hahahaha... Tragicômico!

    ResponderExcluir